Seja no papel com artes à lápis ou com artes digitais, os artistas dessa lista são só inspiração! Vem ver!

Photo by Victoria Bilsborough on Unsplash

Os desenhos e ilustrações fazem parte do terreno fértil da tatuagem. É quase impossível conhecer algum tatuador que não tenha começado a desenhar ainda na infância e tenha construído, com o desenho ou ilustração, uma verdadeira ponte até a tatuagem.
Essas artes são as nossas inspirações diárias e por conta disso, nos dedicamos a divulgar e conhecer, acompanhar, o trabalho de desenhistas, ilustradores, artistas pelo Brasil, e até pelo mundo à fora.
Nossa página, Drawing2me, é uma verdadeira galeria onde, com carinho, mostramos aos nossos seguidores as possibilidades de se comunicar com o mundo usando a arte, seja ela em forma de tatuagem ou no papel e lápis.

E aqui, nessa matéria, vamos mostrar à você os 22 artistas que se destacam com suas artes, desenhos e ilustrações.
Aproveita e compartilha essa nossa galeria!

Artes criadas por Taisa Santiago, de Blumenau.

Taísa Santiago
Cidade: Blumenau
Instagram: taisatattoo
Contato: taisasantiago@gmail.com

Taísa Santiago tem 35 anos e é artista há 6 anos. Taísa conta que sempre desenhou, não foi uma criança muito “esportista”: sua brincadeira era desenhar em tudo, papel, chão, parede, seu próprio corpo – vivia riscada de canetinha. "Estar rabiscando algo, faz parte da minha personalidade desde sempre. Mas foi a tatuagem que me fez ver a criação de ilustrações como uma profissão. Hoje, minhas criações são ilustrações pensadas para serem tatuadas. Às vezes as criações são totalmente minhas- vai surgindo e eu vou riscando até que se forme algo- e às vezes as ideias partem dos meus clientes e vamos criando juntos, com a pessoa ao meu lado dizendo como ela "imaginou a tattoo dela"."

Artes criadas por Flávio Moraes, do Rio de Janeiro.

Flávio Moraes
Cidade: Rio de Janeiro
Instagram: flaviomoraes_22
Contato:(21) 96761-6540

Flávio Moraes tem 22 anos e há 2 anos é artista. Flávio conta que sempre desenhou de forma amadora: "foi sempre algo que me fez muito bem, por horas e horas a “prisão” do papel e caneta me fazia livre para viajar e moldar os personagens, paisagens, rostos… à minha própria maneira. Fui militar dos 15 aos 20 anos e foi algo que freou um pouco meu desenvolvimento artístico, a rotina e a forma de vida travavam, de certa forma, a minha criatividade e imaginação. Ao sair do militarismo decidi que iria voltar a desenhar e o início dos trabalhos com tattoo foram a minha maior motivação. A convivência com vários artistas excepcionais e, principalmente, com meu mestre, Ganso Galvão, é algo que me inspira e me motiva a buscar ser, dia após dia, um artista melhor do que eu fui ontem."

Artes criadas por Thais Barros, de Campo Grande.

Thais Barros
Cidade: Campo Grande
Instagram: barros.ink
Contato: (67) 99650–7688

Thais Barros tem 23 anos e é artista há 5 anos. Thais conta que, inicialmente, quem lhe apresentou os primeiros passos a serem dados no mundo do desenho e da pintura foi sua mãe. "Como artista ela sempre me incentivou a trilhar esse caminho dos lápis e pincéis e me ensinou desde cedo como os manusear. Acredito que, por isso, minha artista favorita número 1 e que me inspira, é minha própria mãe. Mesmo tendo aprendido desde cedo algumas técnicas de pintura, foi por volta dos meus 16 anos que encarei a aquarela de fato, quando tive que produzir a ilustração para um livro infantil de um projeto na escola. Depois disso, sinto que tudo fluiu pra que eu não largasse mais essa técnica, fui esboçando e testando formas e combinações. Passei muita, mas muita raiva com a aquarela, justamente por ser difícil muitas vezes lidar com a fluidez da água e com o acerto do tom esperado para as luzes e sombras, uma vez que o princípio é manter a iluminação a partir da cor do papel e ir trabalhando a criação da sombra."

Artes criadas por Giscard Alves, de Pará de Minas.

Giscard Alves
Cidade: Pará de Minas
Instagram: giscardtattoo
Contato: (37) 99669–1717

Giscard Alves tem 41 anos e é artistas há 21 anos. Giscard conta que desde criança sua vida era desenhar, ele conta que enquanto as crianças “normais” brincavam de pique e jogavam bola, ele permanecia com seus cadernos e lápis de cor nas mãos o tempo todo. "Meu fascínio pela tatuagem veio muito cedo, com uns adesivos que surgiram na época de infância que a gente pregava pelo corpo e eu estava sempre muito “tatuado” desde pequeno. Essa admiração pela arte foi ficando cada vez maior e, na adolescência, já fazia as tatuagens de verão nos amigos usando nanquim e fixadores e depois de muitos anos juntando o dinheiro consegui comprar o primeiro kit de tatuagem permanente. Consegui sair de uma pequena cidade no interior de minas e fazer história com premiações nacionais e internacionais, publicação dos meus desenhos em diversas revistas na Europa e também dois livros de desenhos publicados um nacionalmente e um distribuído internacionalmente."

Artes criadas por Endrius Souza, de São Paulo.

Endrius Souza
Cidade: São Paulo
Instagram: endriussouza_
Contato: (11) 96011–6437

Endrius Souza tem 20 anos e é artista há 2 anos. Endrius é responsável por desenhos incríveis, além de ser, também, tatuador na cidade de São Paulo.
"Me disseram que a arte não me levaria a lugar nenhum, mas negando tudo isso, hoje estou aqui vivendo da minha arte!"

Artes criadas por Felipe Ferrera, de Aracaju.

Felipe Ferrera
Cidade: Aracaju
Instagram: infestte
Contato: tattoo.infeste@gmail.com

Felipe Ferrera tem 36 anos e é artista há 3 anos. Felipe conta que, interessado em desenho desde sempre, passou a maior parte da infância entre rabiscos e quadrinhos. Formado em Design Gráfico, atua na área há 7 anos desenvolvendo também trabalhos como ilustrador. Em 2015, começou a dar mais atenção as artes visuais através do grafite, onde sempre buscou desenvolver uma linguagem visual própria. Em 2016, impulsionado por amigos e pela vontade de expandir suas possibilidades artísticas, deu início aos estudos e trabalhos como tatuador, acreditando que a pele pode ser um suporte vivo e em movimento para a arte, atingindo vários públicos e lugares. "Minha inspiração vem do cotidiano das cidades e, principalmente, da arte urbana."

Artes criadas por Mandah Gotsfritz, de Salvador.

Mandah Gotsfritz
Cidade: Salvador
Instagram: mandaharts
Contato: mandaharts@gmail.com

Mandah Gotsfritz tem 26 anos e há 5 anos é artista. Mandah conta que desenha desde criança e sempre teve vontade de tatuar por gostar muito de modificações corporais. "Foi quando uma amiga começou a tatuar que me senti inspirada a correr atrás. Hoje, tenho meu estúdio e continuo estudando e me aprimorando dia a dia."

Artes criadas por Fabrizio Tattoo, de São Paulo.

Fabrizio Tattoo
Cidade: São Paulo
Instagram: 13_fabriziotattoo
Contato: (11) 95860–1432

Fabrizio Tattoo tem 34 anos e há 10 anos é artista. Fabrizio iniciou sua carreira em 2009, no bairro Tatuapé, São Paulo, onde ficou por anos na região: "Estou, aproximadamente, há 10 anos como tatuador, e atualmente me encontro no bairro da Mooca. Possuo várias inspirações de estilos diferentes, mas tenho minhas preferências, e no dia a dia busco me aperfeiçoar com referências que mais gosto!"

Artes criadas por Alessandra Fuchs, de Porto Alegre.

Alessandra Fuchs
Cidade: Porto Alegre
Instagram: fuchstattooart
Contato: fuchstattooart@gmail.com

Alessandra Fuchs tem 25 anos e é artista há 2 anos. Alessandra começou trabalhando em uma loja de material para tatuagem em um dos maiores estúdios de tatuagem do Sul, o Verani Tattoo: "Logo iniciei os trabalhos e procurei estudar o máximo. Hoje, tenho uma sala com minha namorada e melhor amiga em um bairro incrível de Porto Alegre, onde fico até início de 2020, logo após trilharei um novo caminho em Dublin, na Irlanda. A tatuagem é incrível por isso, além de ser uma arte que marca as pessoas, também nos leva pra o mundo."

Artes criadas por Gustavo Garcez, de Bagé.

Gustavo Garcez
Cidade: Bagé
Instagram: gustavogarceztattoo
Contato: gustavogarcez98@hotmail.com

Gustavo Garcez tem 20 anos e há 2 anos é artista. Gustavo conta que começou a se expressar na arte desde pequeno, influenciado pelo irmão, Uilian Garcez. "Desde então, desenhar para mim é como se fosse uma terapia, onde posso passar o que sinto para o papel. Tive algumas transições artísticas até chegar a tatuagem, e nesses 2 anos tatuando tem sido um aprendizado muito grande, tanto profissional como pessoal, é pelo cotidiano entre amigos, clientes, desafios e minha família que acaba me inspirando a sempre produzir e querer evoluir."

Artes criadas por Rodrigo Gnani, de Curitiba.

Rodrigo Gnani
Cidade: Curitiba
Instagram: rodrignani.tattoo
Contato: Via Instagram

Rodrigo Gnani tem 26 anos e há 3 anos é artista. Rodrigo conta que desde os seus 3 anos demonstrava interesse pelo desenho, apesar de ter feito um intervalo de quase 10 anos sem desenhar, acabou voltando para esse universo artístico, já com o intuito de começar a tatuar. "Desde então venho me dedicado a ilustração e a tattoo, procurando depositar um pedaço muito particular meu em cada trabalho. Meus clientes não levam apenas um desenho meu para a casa ou na pele, mas levam uma releitura da minha história em formato de arte. Tenho uma grande apreciação por coisas mórbidas, sejam elementos da própria natureza ou composições surrealistas, me identifico com tudo que é macabro. Posso dizer que minha inspiração principal vem da vida, e da forma como interpreto o mundo. O impacto que meu trabalho representa, é o espelho dos meus olhos."

Artes criadas por Vini Santos, de Araraquara.

Vini Santos
Cidade: Araraquara
Instagram: vinisantosart
Contato: vinisantosart@gmail.com

Vini Santos tem 33 anos e é artista há 10 anos. Vini conta que sua mãe e alguns familiares sempre lhe apoiaram e ainda apoiam a produzir arte. "Ainda lembro, muito claramente, de uma adorável professora, que tive quando criança, dizer à minha mãe “você tem que colocar esse menino num curso de desenho”. Desde muito pequeno o desenho sempre me empolgou. Eu literalmente entrava de cabeça no meu caderninho; me desconectava de tudo à minha volta! Ainda faço isso quando pinto. Na minha adolescência, minha mãe descobriu através de um anúncio numa rádio, um curso de desenho e pintura de um grande aquarelista de Araraquara chamado Francisco Lopes e me matriculou. Foi meu primeiro contato com treinamento artístico realmente profissional e então, começou a minha experiência com a aquarela."

Artes criadas por Weg, de Catalão.

Weg
Cidade: Catalão
Instagram: wegton
Contato: weeeegton@gmail.com

Weg tem 25 anos e há 7 é artista. Weg afirma que o amor pela arte lhe acompanha desde a infância. Ainda criança já se via desenhando em paredes. Na adolescência tinha a arte como válvula de escape, algo que além de terapêutico, nutria sua vontade de se expressar. Por volta dos15 anos de idade, percebeu a grandeza da arte como profissão, o que lhe empolgou mais ainda a se aprofundar nessa área. "Por ter nascido em cidade pequena no interior de MG, muitas vezes me deparei com pessoas, as vezes da própria família, tentando me convencer de que essa não seria a melhor escolha a se tomar. Ainda assim, sendo a escolha certa ou não, nunca nem cogitei a possibilidade de abandonar as atividades artísticas, e com o tempo, sem formação acadêmica, aos 18 anos isso já se tornaria minha profissão. Foi uma transição muito sutil e repentina. Fui me adaptando à area, conhecendo novas possibilidades, descobrindo novos caminhos e hoje vivo exclusivamente dos trabalhos que crio, sendo estes ilustrações, tattoos, pinturas, telas, muralismo, design gráfico, entre outras artes visuais."

Artes criadas por Maurício Art, de Feira de Santana.

Maurício Art
Cidade: Feira de Santana
Instagram: artmauricio
Contato: (19) 98975-3763

Maurício Art tem 30 anos e há 1 ano é artista. Maurício conta que sempre trabalhei com artes de alguma forma em sua vida. Além de ser tatuador, ele é artista visual, desenhista e grafiteiro. Suas artes mesclam cores incríveis com efeitos do Realismo.

Artes criadas por Ike Lima, de Brusque.

Ike Lima
Cidade: Brusque
Instagram: iketattooart
Contato: (47) 99632-5951

Ike Lima tem 23 anos e há 1 ano trabalha com arte. Ike conta que sua paixão pelas artes vem desde criança, mas confessa que nunca havia pensado em um dia trabalhar com isso. "Sempre trabalhei com outras coisas fora desta área artística, mas em meus intervalos eu estava sempre desenhando, estudando… eu iria até começar a estudar designer gráfico quando apareceu um patrocínio no meu Facebook de um vídeo explicando o passo a passo de uma tatuagem e eu, curioso no assunto, assisti o vídeo e me interessei muito, pesquisei tudo a respeito sobre tatuagem e foi uma paixão imediata sobre a profissão!"

Artes criadas por Lays Alencar, de Goiânia.

Lays Alencar
Cidade: Goiânia
Instagram: laystattoo
Contato: laystattoo@gmail.com

Lays Alencar tem 27 anos e é artista há 8 anos. Lays, em busca pelo sonho de viver da arte, encontrou a tatuagem. Nela, se encontrou também. "Através da arte, transformo histórias em desenhos, sentimentos em tatuagem. Contornos representando o amor, a tristeza se transforma em cor. Lembretes eternizados na pele, fazem esquecer a dor. Minhas inspirações são as histórias que ouço, que leio… e que me fazem buscar evoluir, entender, estudar. E tudo que vivo é aplicado a tatuagem, e a tatuagem é meu estilo de vida."

Artes criadas por Laís Nascimento, de Porto Alegre.

Laís Nascimento
Cidade: Porto Alegre
Instagram: laissntattoo
Contato: (51) 99978-5525

Laís Nascimento tem 23 anos e há 4 anos é artista. Laís conta que desde sempre a arte está presente na sua vida. "Minha mãe é artista plástica e me incentivou desde criança a me expressar artisticamente. Depois de começar uma faculdade que não tinha a ver comigo, e um tempão sem desenhar ou criar nada, resolvi que queria tentar a tatuagem. Com 19 anos, voltei à ativa e descobri que não consigo viver sem praticar e estudar sobre desenho. Acho que um erro enorme que as pessoas cometem é dizer que trabalhar com arte é um dom. Ser artista está mais para estudo diário e uma dedicação gigantesca do que para dom."

Artes criadas por Otávio Guimarães, de Cachoeiro de Itapemirim.

Otávio Guimarães
Cidade: Cachoeiro de Itapemirim
Instagram: otavioguimaraess
Contato: (28) 99909-3414

Otávio Guimarães tem 27 anos e há 6 anos trabalha com arte. Otávio sempre usou seus desenhos como uma forma de ver o mundo, e há pouco mais de 5 anos começou a tatuar: "O que antes ficava no papel passou a ser eternizado na pele das pessoas, e hoje, desenhar é base da minha profissão. O processo criativo pra mim é a parte mais importante do que eu faço, é o que torna meu trabalho singular."

Artes criadas por Mari Tallarico, de Belo Horizonte.

Mari Tallarico
Cidade: Belo Horizonte
Instagram: tattoosdamari
Contato: marianatallarico@gmail.com

Mari Tallarico tem 26 anos e é artista há 2 anos. Mari é cineasta por formação e artista desde que se entende por gente. "Meu trabalho hoje é grandemente voltado para tatuagem, mas me interesso por muitos suportes, técnicas e linguagens. Meu foco principal é falar sobre o feminino, ressignificação do corpo, apropriação da própria imagem e o feminismo em geral."

Artes criadas por Lolla, de Mogi Guaçu.

Lolla
Cidade: Mogi Guaçu
Instagram: lollaink
Contato: https://forms.gle/4ZbLm1mkLaB86K1j7

Lolla tem 24 anos e há 3 anos é artista. Lolla conta que começou na profissão por curiosidade, aos poucos foi se apaixonando. "Por fazer faculdade de Artes Visuais na Unicamp, nunca olhei para a tatuagem de uma maneira considerada normal, sempre via ali uma oportunidade de me expressar e usar dessa arte para fazer as pessoas ficarem bem consigo mesmas, com a sua história. Pois bem, foi aí que me surgiu meu lema “ Registro de Sentimentos na pele”. As pessoas são incríveis, cada uma delas carregam personalidade, história e sentimentos únicos, cada uma tem um universo dentro de si! Decidi que eu queria viajar por cada um deles. Meu trabalho é ouvir cada um, conhecer cada universo e assim criar uma arte única. A arte contém os traços do artista mas toda a essência de quem carrega consigo. E assim, aos poucos, eu encorajo cada um de ser o que é e ter orgulho da própria vida. Tatuagem como experiência de autoconhecimento."

Artes criadas por Leticia Belintani, de Belo Horizonte.

Leticia Belintani
Cidade: Belo Horizonte
Instagram: leticia_belintani
Contato: (31)99372–6809

Leticia Belintani tem 22 anos e há 1 anos trabalha com arte. Leticia sempre quis seguir na aérea artística, mas durante um bom período da sua vida ficou ligada a área jurídica. "Fiz Direito, trabalhei em um departamento jurídico, tentei exército e por aí vai. Aos 21 anos eu larguei tudo, faculdade e trabalho fixo, para ser aprendiz em um estúdio de tattoo. Sou tatuadora a apenas 10 meses e me dedico 100% a evolução diária do meu trabalho e não me arrependo de ter largado tudo, ja que agora eu realizo um sonho."

Artes criadas por Alisson Palaoro, de Curitiba.

Alisson Palaoro
Cidade: Curitiba
Instagram: opalaoro
Contato: (41) 99704-7814

Alisson Palaoro tem 23 anos e é artista há 4 anos. Palaoro, durante a faculdade de arquitetura na UTFPR, descobriu seu interesse em ilustração e processo criativo, começou a pesquisar sobre tatuagem e decidiu que queria tentar entrar para esse meio usando as referências que aprendeu durante as aulas. "Desde o começo sempre fui voltado a artes mais obscuras, inspirado principalmente por HQs. Por mais que tenha me mantido no blackwork, meu estilo de desenho está sempre mudando aos poucos, sempre tentando colocar alguma coisa nova ou refinando alguns elementos. Hoje em dia, procuro estabelecer um contraste entre elementos de horror, psicodelia e formas orgânicas, principalmente rostos e animais."

Uau, você leu tudo! ❤
Compartilha o nosso texto, vai!

Quer mais inspirações de ilustrações e desenhos? Acesse nosso board no pinterest.

Ainda não achou o artista ideal? Você pode encontrar os melhores artistas perto de você, acesse o nosso site:
tattoo2me.com e digite sua cidade!

E nossos perfis no Instagram são atualizados de 3 em 3 horas:

Tattoo2us e Tattoo2me


Desenhos e Ilustrações: Conheça agora 22 artistas que arrasam nos traços was originally published in Tattoo2me Magazine on Medium, where people are continuing the conversation by highlighting and responding to this story.





Fonte do Artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui